| | | | | |
SENTIDOS ESPECIAIS – SISTEMA VESTIBULAR

 

- Sentido especial responsável pela manutenção do equilíbrio: coordenação dos movimentos da cabeça e dos olhos bem como postura corporal.

- Alterações patológicas nesse sistema: levam a um estado de discinesia (doença do movimento) cursando com náuseas e vertigens.

- Labirinto vestibular: forma três canais semicirculares dispostos em ângulos de 90° entre si.

- Os canais semicirculares são sensíveis à rotação da cabeça.

- Órgãos Otolíticos = Sáculo e Utrículo: detectam força da gravidade e inclinações da cabeça.

- Estes órgãos otolíticos transmitem energia mecânica às células ciliadas.

- O corpo celular do VIII par de nervo craniano situa-se no gânglio vestibular de Scarpa.

Órgãos Otolíticos

- Possuem um epitélio sensorial = mácula (vertical: sáculo e horizontal: utrículo).

- A mácula possui células ciliadas: os cílios da mácula projetam-se para dentro de um capuz gelatinoso, sendo susceptível ao deslocamento pelo movimento.

- Há presença de cristais de cálcio = otólitos (movimentam-se alterando a posição dos cílios como também de um cílio alongado denominado cinocílio). Há um mesmo mecanismo dos cílios auditivos, cujo deslocamento causa uma despolarização ou hiperpolarização.

 

Canais Semicirculares

- Detectam a rotação da cabeça.

- São preenchidos por endolinfa.

- Possuem cinocílios que movimentam-se dentro de um capuz gelatinoso emitindo sinais nervosos pelos axônios aferentes do nervo vestibulococlear.

 

Vias Centrais Vestibulares

- VIII par de nervo craniano afere para o núcleo vestibular irradiando-se para o cerebelo, tálamo e, via trato vestíbuloespinhal, atingem os neurônios motores que controlam os músculos do pescoço e dos olhos.

- O reflexo vestíbulococlear mantém os olhos orientados e fixos mesmo com o movimento da cabeça – “manobra dos olhos de boneca” – utilizado para o diagnóstico de morte encefálica.

Trato Vestibuloespinhal

- Surge do núcleo vestibular lateral e termina direta e indiretamente nos neurônios motores inferiores alpha ipsilaterais e nos neurônios motores inferiores gamma associados com a musculatura extensora – músculos proximais.

- Trata-se de um sistema extensor antigravitacional modulado por conexões cerebelares e do núcleo rubro – caso haja lesões no cerebelo ou no núcleo rubro haverá um constante estado de hipertonia extensora.

- O trato vestibuloespinhal medial surge do núcleo vestibular médio inibindo os neurônios motores inferiores alpha e gamma, que controlam a musculatura do pescoço e axial. Esse trato vestibuloespinhal medial termina nos interneurônios da medula espinhal cervical.

- Os tratos vestibuloespinhais (medial e lateral) controlam toda a musculatura responsável pela posição do pescoço, da cabeça e do corpo, além de fornecer reflexos para o tronco encefálico para ajuste da postura.

- O trato reticuloespinhal trabalha em conjunto com o trato vestibuloespinhal.

Nistagmo

- Trata-se do movimento alternado de um lado para o outro do olho.

- Requer coordenação central dos neurônios motores inferiores extra-oculares e dos movimentos oculares.

- O nistagmo vestibular envolve projeções vestibulares via fascículo longitudinal medial para os núcleos extra-oculares. A fase vagarosa (ou deriva) do nistagmo vestibular resulta na provocação dos movimentos oculares como se a cabeça estivesse virando. Isso é causado pelo estímulo assimétrico proveniente dos receptores dos canais semicirculares ou proveniente de danos aos núcleos vestibulares ou cerebelares. A fase rápida (movimento sacádico) é o retorno provocado para uma posição adiante.

 

Distúrbios de Equilíbrio – Clinicamente observamos o paciente ereto (parado) – avaliamos o equilíbrio estático e dinâmico.

- Sinal de Romberg: paciente fecha os olhos – caso apresente tendência a queda dizemos sinal de Romberg positivo.

- Prova Índex-Nariz: paciente coloca a ponta do dedo na ponta do nariz. Devemos verificar o desenho do movimento – deverá ser harmonioso, sem interrupções – às alterações denominamos ataxias.

Comparação e Integração do Sistema Vestíbulo-Coclear –